PUBLICIDADE
Prémio Pessoa

Tiago Rodrigues espera que prémio ajude a dignificar Teatro português

13 | 12 | 2019   15.20H

O diretor do Teatro Nacional D. Maria II, Tiago Rodrigues, disse hoje esperar que a atribuição do Prémio Pessoa contribua para uma reflexão sobre a "tremenda importância" do teatro e sirva para melhorar as condições de trabalho no meio.

Em entrevista à Lusa na sequência do anúncio de que tinha sido distinguido com o Prémio Pessoa 2019, o encenador destacou o Teatro Nacional D. Maria II (TNDMII), onde trabalha e onde partilha os dias com uma equipa que "dá muitas vezes sentido ao trabalho" que faz, sinalizando por isso que é um prémio que recebe "com a consciência muito clara de que pertence a muitas pessoas e também ao teatro português, num momento em que o teatro português precisa que haja afirmações públicas da sua qualidade, da sua importância, da sua diversidade, porque ainda enfrenta obstáculos muito difíceis".

"Ainda vemos muitos artistas a trabalhar em condições que não são dignas e por isso espero que aquilo que tem sido o esforço, em que também me tenho empenhado, de melhorar as condições em que os artistas trabalham em Portugal, que possa beneficiar deste prémio, que permita uma reflexão, tanto do poder político como da sociedade civil em geral, acerca da tremenda importância que eu acredito que o teatro tem e pode ter na nossa sociedade, sobretudo quando temos artistas com tanta qualidade no teatro português", sublinhou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE