PUBLICIDADE
Prémio Pessoa

"É um prémio mais do que merecido" - diretor da companhia Mala Voadora

13 | 12 | 2019   19.49H

Um dos fundadores da companhia de teatro Mala Voadora, Jorge Andrade, considerou hoje que a atribuição do Prémio Pessoa 2019 ao diretor artístico do Teatro Nacional D. Maria II, Tiago Rodrigues, "é mais do que merecido", destacando o seu "percurso excecional".

"É um prémio mais do que merecido. Tiago Rodrigues tem tido um percurso excecional", afirmou à Lusa o ator, encenador e dramaturgo Jorge Andrade.

Jorge Andrade, que é também um dos diretores artísticos da Mala Voadora, acrescentou que fica "muito contente, primeiro porque o Prémio Pessoa este ano tenha vindo para o teatro" e, depois, que "tenha vindo para alguém com a idade do Tiago, de uma geração mais nova do que é hábito na atribuição" deste prémio.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE