PUBLICIDADE
Macau/20 anos

Produção literária portuguesa sobre Macau é atualmente escassa

15 | 12 | 2019   08.19H

A produção literária em língua portuguesa sobre Macau é atualmente escassa, apesar de este ser um "território fértil" para narrativas, afirma Hélder Beja, diretor da agência literária Capítulo Oriental, que quer apostar no reforço da literatura portuguesa naquele mercado.

"Não há, de facto, uma grande produção literária em língua portuguesa sobre Macau, mas existe e tem momentos de interesse", disse em entrevista à Lusa o fundador do Festival Literário de Macau Rota das Letras, explicando essa reduzida produção literária com a "dimensão e características profissionais da comunidade portuguesa" residente.

O português, radicado em Macau desde 2010, considera que não foi a transferência de administração de Macau de Portugal para a China (em dezembro de 1999) que contribuiu "para a perda de um qualquer imaginário para o qual Macau possa remeter".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE