PUBLICIDADE
Actualidade

Douro Azul recruta 200 trabalhadores e aumenta salário mínimo para mil euros

07 | 01 | 2020   16.46H

A Douro Azul quer recrutar 200 trabalhadores para a época de 2020, comprometendo-se a pagar aos colaboradores dos seus navios um ordenado mínimo "sempre superior a mil euros", disse o fundador da empresa de cruzeiros fluviais à Lusa.

"O ano 2020 será marcado pelo compromisso de o ordenado mínimo a bordo de qualquer dos nossos navios [em Portugal] ser sempre superior a mil euros, mais as gratificações que recebem dos clientes, o alojamento, a alimentação e o fardamento", afirmou Mário Ferreira em declarações à agência Lusa.

Atualmente, disse, os ordenados mais baixos entre os cerca de 500 trabalhadores da Douro Azul em Portugal situam-se em torno dos 730 euros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Nada a comentar contra, antes pelo contrário. Agora falta saber até quando. Até quando é que os estrangeiros ricos, vão vir a este país cada dia mais degradado e inseguro, que em cada esquina abre um hostel para pés-descalços e em que cada loja, vira lugar de venda de penduricalhos magnéticos para colocar na porta do frigorífico, vendidos por abexins.
    Dono dos Burros | 07.01.2020 | 18.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE