PUBLICIDADE
Açores/Mau tempo

Força Aérea entrega quatro toneladas de bens essenciais no Corvo

11 | 01 | 2020   11.26H

A Força Aérea portuguesa transporta hoje quatro toneladas de bens essenciais para apoio à população da Ilha do Corvo, na sequência de um pedido do Governo Regional dos Açores.

Em comunicado, a Força Aérea explica que uma aeronave C-295, com uma tripulação de cinco militares, descola na tarde de hoje da ilha do Faial, com quatro toneladas de bens essenciais para apoiar a população da ilha do Corvo.

Este apoio surge na sequência de um pedido do Governo Regional dos Açores, através da Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, ao Comando Operacional dos Açores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

4 comentários

  • Ó PORTUGUÊS, talvez veres primeiro quanto é que cada deles ganha, para fazerem o que "realmente importa". Pagam-lhes, recebem a tempo e horas, coisa que a alguns dos que sustentam o ESTADO com os seus impostos, não lhes acontece. Não vejo porque ainda tem que se lhes dar um louvor. Louvá-los porque fizeram o que tinham que fazer? Essa é boa. Essa parte fica para aqueles louvores que saem publicados no Diário do Governo (parece que aquilo agora se acham outra coisa) e já são demais. Louvores só em tempo de guerra, um pouco naquela linha dos soviéticos, quando foi proposto um louvor para um oficial no Afeganistão e se ele o merecia. O tenente está morto? Não! Então não há herói. Não sei se dá para os paisanos entenderem. Podia citar uma mais recente, do Alto Comité de Acompanhamento da Condição Militar em França, ali propõe-se que uma medalha criada para dar aos que tenham sido vítimas de terrorismo, não seja dada aos militares, porque nessa atribuição não se reconhece mérito, simplesmente se assinala, uma condição passiva, a de ter sido ferido ou morto por uma acção 'terrorista'.
    Dono dos Burros | 12.01.2020 | 13.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Por vezes penso que existe ainda muita gente a precisar de ler um bocadinho e deixar que a sua única literatura seja mesmo o corte e costura do Facebook .... ainda para mais quando se intitulam como sendo o “POVO”, muito obrigado à força Aérea pela sua disponibilidade porque enquanto nós estamos aqui sentados no sofá a mandar bitaiques e a dizer mal (porque nisso somos doutores) sem fazermos nadinha eles estavam a fazer o que realmente importa.....
    Português | 12.01.2020 | 10.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Concordo com o comentário do POVO. São dispensáveis estas declarações.
    Dono dos Burros | 11.01.2020 | 16.23Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • SÓ FAZEM O QUE LHES COMPETE SĀO PAGOS PELOS CONTRIBUINTES TANTO ALARIDO VERGONHA
    O povo | 11.01.2020 | 12.05Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE