PUBLICIDADE
OE2020

Mais 200 mil portugueses terão médico de família este ano - Governo

13 | 01 | 2020   12.26H

Mais 200 mil portugueses terão médico de família atribuído durante este ano, segundo uma estimativa do Governo apresentada hoje pela ministra da Saúde no parlamento.

Em resposta ao deputado André Ventura, do Chega, que recordou que há mais de 600 mil portugueses ainda sem médico de família, a ministra Marta Temido indicou que este ano mais 200 mil utentes vão ter clínico de família atribuído.

No debate parlamentar na especialidade sobre o Orçamento do Estado para 2020 que hoje decorre, o PCP manifestou "extrema preocupação" com as reformas dos médicos, indicando que estavam em condições de se aposentar em 2019 e 2020 perto de 1.800 clínicos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

6 comentários

  • Espero que tenham entendido a excelente explicação do/da (mas aposto no do) FAMILY-GATE, e lembrem-se quando forem votar, a base é a mesma PSD-cds-PS, depois é uma questão de desenho da embalagem. Ahh! eu quero aquela laranja com um toque de azul-violeta, não, eu quero antes a rosinha e um toque de limão ácido.
    Dono dos Burros | 15.01.2020 | 13.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O méico de familia é um nome pomposo e que implica uma ditadura que impede escolha diferencida dos doentes.É mais uma criaçao anacrónica do Estado que centraliza todos os membros da mesma familia num mesmo profissional tmbem nao sei o que consideram familia. se a direta se a indireta ou por afetividade.A qestao poe-se no SNS estatl nao há o minmo de privacidade por isso os seguros de sude disparam para os tratamentos e consultas mai sleves e poder estar mais aitvo e nao espear 1 ano por uma ressonancis ,2 anos por uma cirurgia ou consulta.As empresas internacionais além dos seguros que fazem parte do contrato em algumas ptologias levam os seus profissionais a serem tratados no País sede da empresa.Se o nome corresponde-se á realidade um portugu~es sem familia nao teria direito a um médico de familia,estaria fora do sistema.
    family-gate | 14.01.2020 | 17.17Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O que é um médico de família? A sério. Não sei o que é.
    Dono dos Burros | 13.01.2020 | 14.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • HÁ MUITOS QUE NUNCA CONTRIBUÍRAM E NÃO CONTRIBUEM PARA TEREM MÉDICOS MAS CONTINUAM A TEREM MAIS REGALIAS DOS QUE SĀO 100%PORTUGUÊS VERGONHA NACIONAL
    O ze | 13.01.2020 | 13.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quem expulsa precocemente os médicos e outros profissionais do SNS sao os sucesivos governos que agem coercivamente sobre os mesmos e prejudicam açao clinica.A visao do médico no computador sem olhar para o doente é a imagem da carg burucrática e digial inimigo dos profissionais.O SNS estatal é fundamental mas deixaios-os trabalhar.O SNS privado pode complementar a prestaçao nas areas de saude mmenos exigentes.Quem tem do SNS e e conomia uma visa marxista nao vai chegar a ter resultados satisfatórios,Já nem a china acredita nesta forma de governaçao.A hibernaçao do regime será a grande fatalidade para Portugal.
    Rodrigues | 13.01.2020 | 13.05Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • QUEM SĀO ESSES PORTUGUESES SĀO OS QUE INVADIRAM ESTE PAÍS OU SĀO OS ILEGAIS OU SĀO 100%PORTUGUESES FAÇAM UM RECENSEAMENTO
    O povinho | 13.01.2020 | 12.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE