PUBLICIDADE
Actualidade

CGTP avisa que "qualquer dia" o Governo quer trabalhadores na função pública e não tem

16 | 01 | 2020   13.28H

O líder da CGTP avisou hoje que, ou se valoriza o papel da administração pública, ou Portugal pode "correr o risco" de "qualquer dia" o Governo querer melhorar os serviços públicos e não ter trabalhadores.

Em Braga, à margem do congresso da Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSFP), Arménio Carlos salientou a importância dos funcionários públicos dizendo que, se não tivesse sido pela sua "intervenção", os serviços públicos "teriam colapsado".

Numa ação que marca a despedida de Ana Avoila à frente daquela federação, o líder da CGTP referiu que os trabalhadores da administração pública deviam ser mais valorizados pelo que a proposta de aumento de 0,3% para a função pública, feita pelo Governo, é "desrespeitadora e destruidora da dignidade" daqueles trabalhadores.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • O Governo, pelo menos este do PSD-cds-PDS, não quer. Não são essas as ordens que recebem em Davos, Bilderberg, Roma e outros antros lacónicos geridos pela máfia anglo-sionista, defensora do governo mundial. Esse mesmo governo, que quer intervir militarmente no Brasil para tomar posse da Amazónia , mas não quer fazer o mesmo na Austrália. Esteja descansada a CGTP que o desgoverno da Pátria não quer funcionários públicos, quer é que lhe comprem a pacato o que resta e que depois chineses, americanos, sionistas lhes ofereçam um lugar de paquete ou moço de balcão a servir cafés como aconteceu com o Gordo Barrosão e outros traidores portugueses.
    Dono dos Burros | 16.01.2020 | 13.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE