PUBLICIDADE
Actualidade

Bolsonaro confirma demissão de secretário da Cultura e repudia ideologias totalitárias

17 | 01 | 2020   16.30H

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, divulgou hoje uma nota a confirmar a demissão do secretário da Cultura, Roberto Alvim, na qual diz repudiar "ideologias totalitárias e genocidas, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas".

"Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência", diz o comunicado.

O chefe de Estado brasileiro acrescentou: "Reitero nosso repúdio às ideologias totalitárias e genocidas, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas. Manifestamos também nosso total e irrestrito apoio à comunidade judaica, da qual somos amigos e compartilhamos valores em comum".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE