PUBLICIDADE
Guiné-Bissau/Eleições

Apuramento nacional deve começar nas urnas - Simões Pereira

18 | 01 | 2020   17.11H

O candidato às eleições presidenciais da Guiné-Bissau Domingos Simões Pereira defendeu hoje, em entrevista à Lusa, que o apuramento nacional dos resultados deve começar pelos votos expressos, porque foi interrompido.

"Tenho o meu entendimento, tenho a minha expetativa, penso que nesta altura, depois de tudo aquilo que vimos e ouvimos por parte da Comissão Nacional de Eleições, o que tranquilizaria o povo guineense é saber que os dados que vêm nas atas correspondem aos votos expressos nas urnas e a partir dai haver um apuramento que vá até à assinatura da ata de apuramento nacional", afirmou o também presidente do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC).

Salientando que não conhece as várias interpretações legais sobre a matéria, Domingos Simões Pereira sublinhou, no entanto, que, por lei, o apuramento não pode ser interrompido e que deve ser 'ab initio'.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE