PUBLICIDADE
Actualidade

Hospitais de Coimbra apostam em projetos que promovem qualidade assistencial

19 | 01 | 2020   09.27H

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está a desenvolver um projeto de melhoria da qualidade assistencial no serviço de urgência, que visa a deteção de hemólise (destruição de glóbulos vermelhos) no sangue.

"As pessoas não têm muita ideia, mas uma em cada 10 amostras que se colhem, por exemplo, vão resultar numa amostra que não será útil e obriga a nova colheita, aumentando o tempo de espera do doente para tratamento", explicou Alexandre Lourenço, administrador hospitalar e assessor do conselho de administração.

O objetivo do projeto é criar uma forma de detetar imediatamente na colheita se o sangue está em condições para realizar a análise, o que, nos casos em que se verifique a hemólise, resulta num ganho de "pelo menos uma hora na urgência hospitalar".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • Eh pá! Não me digam que tenho andado estes anos todos a ser enganado. No tempo do papel, sempre era preciso escrever à mão e guardar, agora, estão lá para sempre os resultados, quando as companhias de seguros ou outras associações não beneméritas queiram, é só pedir. Se calhar copiam as anteriores e alteram dois parâmetros. Mas está bem. Olhem, eu ainda não me tinha lembrado dessa para mamar um subsídio. Andamos sempre a aprender e eu gosto de aprender com quem sabe, com quem é Mestre na arte. É por isso que eu admiro, é um dos meus heróis, o carteirista do 28E que roubou a carteira ao gajo da Troika. Ainda não foi condecorado no 10 de Junho, mas já devia ter sido, outros que não defendem Portugal, fogem aos impostos, já foram feitos Cavaleiros, Oficiais e Comendadores.
    Dono dos Burros | 19.01.2020 | 14.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Muito estranho!estarao a fazer as colheita devidamente?O circuito é o mais adequado.Só agora surge o problema.Os outros hospitais têm o mesmo problema?Só acontece no serviço de urgencia?
    Anónimo | 19.01.2020 | 14.00Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE