PUBLICIDADE
Actualidade

Obras de arte deram origem a "Mais que Mil Palavras" em novo livro de Mega Ferreira

20 | 01 | 2020   12.33H

O escritor António Mega Ferreira refere-se ao seu livro "Mais que Mil Palavras", que chega na quinta-feira às livrarias, antes de ser apresentado em fevereiro, em Lisboa, como "uma forma de pensar o que se vê".

"De Caravaggio a Ingmar Bergman, de Edward Weston a Elvis Presley, de Picasso a [Óscar] Niemeyer, da pintura ao design, da arquitetura ao cinema, da fotografia à autorrepresentação", a obra reúne uma série de "estímulos visuais", que suscitaram ao autor o desejo de escrever, lê-se na apresentação da obra, que cruza criadores como William Turner e William Klein, El Greco e Caravaggio, entre três dezenas de imagens.

A cadeira de Marcel Breuer é a primeira a dar origem a um texto de Mega Ferreira, referindo a "relação atenta e afetiva com o mobiliário", que lhe terá vindo da "convivência lúdica, simultaneamente mágica e inquietante, com a mobília do escritório" de seu pai.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE