PUBLICIDADE
Actualidade

MP de Cabo Verde acusa 33 pessoas e duas empresas de vários crimes em megaoperação antidroga

21 | 01 | 2020   14.02H

O Ministério Público cabo-verdiano acusou 33 pessoas singulares e duas coletivas de vários crimes, numa megaoperação antidroga na cidade da Praia, em que já tinham sido detidos 14 suspeitos.

Em comunicado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) começou por informou que correu termos, no Departamento Central de Ação Penal, os autos de instrução no âmbito dos quais foram realizadas buscas domiciliárias na localidade de Eugénio Lima, cidade da Praia, no âmbito da denominada "Operação Tróia".

A operação culminou com a apreensão de vários produtos estupefacientes, armas, viaturas e quantias em dinheiro, no montante global superior a 16 milhões de escudos (145 mil euros), bem como a detenção de 14 pessoas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE