PUBLICIDADE
Actualidade

Macau regista primeiro caso de vírus chinês de Wuhan e anuncia reforço da prevenção

22 | 01 | 2020   04.02H

As autoridades de Macau anunciaram hoje que foi identificado no território o primeiro caso de vírus detetado na China, que causa pneumonias virais e causou nove mortos entre as mais de 440 pessoas infetadas.

Em conferência de imprensa, as autoridades anunciaram ainda uma série de medidas de reforço de prevenção e controlo para combater a transmissão deste novo coronavírus, junto dos casinos, nas fronteiras, nos espaços e serviços públicos, bem como durante a realização de grandes eventos, num momento em que Macau atrai milhares de pessoas durante o Ano Novo Lunar.

O caso detetado diz respeito a uma mulher de 52 anos, comerciante, oriunda da cidade chinesa de Wuhan, onde foi detetado o coronavírus, que chegou a Macau no dia 19 e que foi submetida a dois testes que confirmaram a doença. Atualmente em regime de isolamento, é considerada uma paciente de alto risco.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE