PUBLICIDADE
Actualidade

Estudo concluiu que nem todos os deltas identificados em Marte são verdadeiros

22 | 01 | 2020   10.35H

Um estudo liderado por David Vaz, da Universidade de Coimbra, e Gaetano Di Achille, do Instituto Nacional de Astrofísica de Itália, concluiu que grande parte dos deltas identificados em Marte não são verdadeiros, foi hoje anunciado.

Acabado de publicar na revista científica Earth and Planetary Science Letters, o estudo apresenta "novos dados para o debate sobre as implicações climáticas, hidrogeológicas e astrobiológicas dos depósitos sedimentares deltaicos em Marte", afirma a Universidade de Coimbra (UC), numa nota enviada hoje à agência Lusa.

Nas duas últimas décadas, "dezenas de possíveis depósitos sedimentares deltaicos foram identificados na superfície de Marte, tendo a sua formação sido atribuída à existência de antigos lagos e rios marcianos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE