PUBLICIDADE
Actualidade

Autarca de Santa Cruz da Graciosa pode perder mandato por transferência para associação gerida pelo filho

22 | 01 | 2020   15.04H

O presidente da Câmara de Santa Cruz da Graciosa, Manuel Avelar, poderá vir a perder o mandato por ter transferido dinheiro para uma associação cultural gerida pelo filho e por dois autarcas, segundo a Inspeção da Administração Pública açoriana.

Em causa está a transferência, por parte da autarquia presidida pelo socialista, de uma verba de 180 mil euros, durante o ano de 2018, para a Associação de Promoção e Desenvolvimento da Ilha Branca (PRODIB), responsável pela realização de diversos eventos culturais no concelho, gerida por dois vereadores do município (António Lourenço e Carlos Picanço) e ainda pelo filho do presidente da Câmara (Tiago Avelar Santos).

"Estas situações são suscetíveis de fundamentar a sanção perda de mandato dos eleitos locais Manuel Avelar Cunha dos Santos e Carlos Alberto Verga Picanço", refere um relatório da Inspeção Regional da Administração Pública, com data de dezembro de 2019, a que a Lusa teve hoje acesso.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE