PUBLICIDADE
Actualidade

Pescadores do Mondego e da Figueira da Foz exigem erradicação dos jacintos de água

23 | 01 | 2020   17.38H

Pescadores do Rio Mondego e da pesca local da Figueira da Foz exigiram hoje rapidez na implementação de medidas para erradicar os jacintos de água (planta invasora com grande impacto na pesca), que estão a causar graves prejuízos.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a FIGPESCA - Associação dos Pescadores e Armadores do Centro Litoral considera que a decisão da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) "em escoar os jacintos entre Montemor-o-Velho e a Figueira da Foz não salvaguarda os interesses da pesca, uma vez que continua a haver prejuízos em permanência com as artes que operam no estuário e na zona costeira".

Os pescadores queixam-se de que o problema dos jacintos de água está "longe de estar resolvido", apesar de um comunicado da Câmara Municipal da Figueira da Foz, de dia 13, prever "a remoção de uma grande quantidade desta espécie invasora até dia 15 de janeiro, data a partir da qual os pescadores poderiam voltar a sua atividade com normalidade".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE