PUBLICIDADE
CDS/Congresso

Matos Santos apela a mudança para "um tempo novo" com "novos atores"

25 | 01 | 2020   13.00H

O candidato à liderança dos centristas Abel Matos Santos defendeu hoje que o partido precisa de "novos atores" e que os anteriores dirigentes se devem afastar, apostando na "mudança para um tempo novo".

"É preciso que quem nos trouxe aqui, que quem conduziu o partido, formalmente a partir de dentro, e, informalmente a partir do fora, se afastem", disse Matos Santos, na sua primeira intervenção no 28.º congresso do CDS que decorre hoje e domingo em Aveiro.

O primeiro subscritor da moção "Portugal tem Esperança" referiu que o momento "não é de desunião nem de ajuste de contas", mas realçou: é preciso "assumir responsabilidades, perceber como chegámos aqui".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE