PUBLICIDADE
Incêndios

Cientistas alertam para impacto no abastecimento de água a partir do Zêzere

27 | 01 | 2020   12.31H

A qualidade do abastecimento de água da Área Metropolitana de Lisboa "pode estar seriamente comprometida" em consequência dos incêndios de 2017 junto ao rio Zêzere, alertou hoje uma equipa de investigação da Universidade de Aveiro (UA).

No verão de 2017, cerca de 30% da bacia hidrográfica do Zêzere, que alimenta a barragem de Castelo de Bode e, por consequência, o abastecimento dos habitantes de Lisboa e arredores, foi devastada por vários incêndios, o que, segundo os investigadores, "elevou o risco de degradação da qualidade da água".

A razão prende-se com "a rápida e descontrolada erosão dos terrenos e a consequente incorporação nas águas de sedimentos e nutrientes das áreas ardidas".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE