PUBLICIDADE
Actualidade

Mais de 90 obras da coleção de arte do Estado continuam por localizar - ministra da Cultura

27 | 01 | 2020   17.16H

Mais de 90 obras da coleção de arte contemporânea do Estado continuam por localizar, a maioria das quais desde 1992, segundo um relatório da DGPC, que será remetido às autoridades, revelou hoje a ministra da Cultura, Graça Fonseca.

Em junho do ano passado, Graça Fonseca reconheceu que algumas obras da coleção de arte contemporânea do ministério que tutela precisavam "de uma localização mais exata", rejeitando que estivessem desaparecidas, reagindo a uma notícia do semanário Expresso que dava conta de que 170 obras da denominada "Coleção SEC" estavam em paradeiro desconhecido.

Na altura, a ministra referiu que a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) estava, "local a local", a "identificar as obras que não estão em determinados locais mais centrais".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE