PUBLICIDADE
Moçambique/Ataques

Violência em Cabo Delgado provocou pelo menos 100.000 deslocados internos

07 | 02 | 2020   18.03H

Os conflitos na província de Cabo Delgado, no norte de Moçambique, provocaram pelo menos 100.000 deslocados internos, anunciou hoje o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Segundo a agência das Nações Unidas, "pelo menos 100.000 pessoas estão agora deslocadas ao longo da província".

"Houve um aumento dramático dos ataques brutais por grupos armados nos últimos meses, mas a semanas mais recentes a serem o período de maior volatilidade desde que os incidentes começaram, em outubro de 2017. No total, pelo menos 28 ataques foram realizados na província desde o início do ano", refere o ACNUR, num comunicado hoje divulgado.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE