PUBLICIDADE
UA/Cimeira

Representação legítima da Guiné-Bissau deve ser feita por PR em funções

07 | 02 | 2020   23.08H

A Comissão da União Africana (UA) reafirmou hoje que o representante legítimo da Guiné-Bissau na Cimeira da UA, que tem início no domingo, é o Presidente em funções, anulando o convite enviado a Umaro Sissoco Embaló em 24 de janeiro.

Num documento a que a Lusa teve acesso, a Comissão da União Africana confirmou a receção de uma nota verbal enviada pela missão permanente da Guiné-Bissau na UA em que é apresentada "a nova lista presidencial" do país, com vista à sua participação na 33.ª Cimeira da organização continental.

"A Comissão tem a honra de reiterar a posição de princípio da União Africana. Apenas chefes de Estado recém-eleitos que tenham cumprido com todas as provisões constitucionais relevantes do seu país nas modalidades da sua efetiva tomada de poder são convidados a participar na sessão da Assembleia da União", afirma a Comissão da UA numa nota com a data de hoje.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE