PUBLICIDADE
Actualidade

NATO reforça formação no Iraque e Portugal participará -- ministro Defesa

13 | 02 | 2020   11.35H

Os ministros da Defesa da NATO decidiram reforçar as atividades de formação da missão da Aliança Atlântica no Iraque, e Portugal participará nesse processo, ainda que sem aumentar o seu contingente, anunciou hoje o ministro João Gomes Cravinho.

À saída de uma reunião ministerial de dois dias no «quartel-general» da Aliança, em Bruxelas, Gomes Cravinho indicou que, "sobre o Iraque há desenvolvimentos interessantes, na medida em que houve um consenso para reforçar as atividades de formação da missão da NATO no Iraque, e Portugal participará nesse processo", que agora já tem o aval das autoridades iraquianas.

O ministro adiantou que, na quarta-feira à noite, chegou "uma carta da parte do primeiro-ministro do Iraque a reforçar o interesse na missão da NATO e mesmo no alargamento dessa missão", uma condição considerada indispensável por vários aliados, incluindo Portugal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Tirando a placa que assinala a inauguração do estádio de futebol em Bagdade, jogo no qual o Glorioso BENFICA, foi escolhido para dignificar o acto, nada mais temos a defender no Iraque. Os russos e chineses que se cheguem à frente, se o iranianos não forem suficientes. É que já nem vendedores de material de guerra somos, já não fabricamos munições para vender a ambas as partes, nisto não nos podem acusar de favorecer uma das partes na guerra Irão-Iraque. Carregavam uns em Lisboa e os outros em Setúbal. Negócios da "democracia", coisas do PSD-cds-PS.
    Dono dos Burros | 17.02.2020 | 21.26Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE