PUBLICIDADE
Actualidade

Maquinistas do sistema ferroviário podem reformar-se aos 65 anos sem cortes

13 | 02 | 2020   19.48H

Os maquinistas de comboios do sistema ferroviário podem reformar-se aos 65 anos, sem penalizações, quando estiverem impedidos de desempenhar a profissão devido à sua carta de condução caducar nessa idade, anunciou hoje o Governo.

Segundo comunicados dos ministérios do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e das Infraestruturas e da Habitação, esta questão foi colocada ao Governo por um grupo de profissionais que estão impedidos de desempenhar a profissão a partir dos 65 anos, quando a idade legal da reforma está fixada nos 66 anos e cinco meses.

"Face às dúvidas colocadas, o Governo assegurou a aplicação da lei no sentido de garantir que estes profissionais têm direito à redução da idade normal da reforma para os 65 anos, desde que tenham desempenhado a profissão de maquinista nos cinco anos imediatamente anteriores, uma vez que existe o impedimento de desempenho da profissão a partir daquela idade", avançam os ministérios.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Eu acho que o bófia que for condutor do Costa ou do Centeno deve ter 67 anos. Nada de facilidades.
    Dono dos Burros | 13.02.2020 | 22.10Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE