PUBLICIDADE
Actualidade

Escritora turca Asli Erdogan absolvida das acusações de terrorismo

14 | 02 | 2020   11.08H

A escritora e jornalista turca Asli Erdogan, que esteve presa quatro meses e meio por acusações de ter tido "atividades terroristas", foi hoje absolvida por um tribunal de Istambul.

O tribunal absolveu a romancista das acusações de "tentar minar a integridade do Estado" e de "pertencer a um grupo terrorista" e ordenou a retirada da acusação de "fazer propaganda terrorista", noticia a agência France-Presse.

Asli Erdogan, de 52 anos, é autora de vários romances e foi colaboradora num jornal local pró-curdo, o Ozgür Gündem, encerrado por decreto em 2016.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE