PUBLICIDADE
Actualidade

Educação, Saúde e Ação Social podem ser competências obrigatórias dos municípios só em 2022

14 | 02 | 2020   19.05H

A ministra que tutela as autarquias afirmou hoje que o Governo admite adiar para 2022 o prazo limite obrigatório para os municípios assumirem definitivamente competências na Educação, Saúde e Ação Social, devido à necessidade de acertos nestes sectores.

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, falava hoje aos jornalistas no final de uma reunião do Conselho de Concertação Territorial, realizada em Lisboa.

"Isto são as clarificações que faremos no quadro das três competências, onde há acertos necessários a fazer", disse, salientando que esta "é uma clarificação necessária para a aceleração do processo" e que "todas as outras competências estão a correr bem".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Que p+++ de sorte a minha. Velho vou emigrar para onde?
    Dono dos Burros | 14.02.2020 | 21.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE