PUBLICIDADE
Venezuela

Maduro garante que "chegará o dia" em que Guaidó vai ser detido

14 | 02 | 2020   19.05H

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse hoje que "chegará o dia" em que o opositor Juan Guaidó será detido pelas autoridades e que estuda a resposta a dar a posições de ingerência de embaixadores europeus em Caracas.

"No dia em que os tribunais da República ordenem um mandado para deter o senhor Juan Guaidó, por todos os delitos que tem cometido, nesse dia irá para a cadeia. Tenham a certeza de que esse dia (ainda) não chegou, mas chegará", disse Nicolás Maduro.

O chefe de Estado venezuelano falava no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, durante uma conferência de imprensa na qual estiveram duas dezenas de jornalistas estrangeiros.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Muito manso é este Maduro. Comigo já lá estava dentro.
    Dono dos Burros | 14.02.2020 | 21.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE