PUBLICIDADE
Actualidade

Milhares de pessoas fogem de aldeias inundadas no centro de Moçambique

15 | 02 | 2020   00.12H

Milhares de pessoas estão a abandonar aldeias das zonas baixas da região centro de Moçambique devido à subida do caudal dos rios devido a chuva intensa, anunciaram na sexta-feira as autoridades.

Há diversas aldeias inundadas e muitos campos agrícolas submersos.

Na província de Sofala, cerca de 700 famílias - entre 3.500 a 4.000 pessoas - já foram registadas, mas a contagem ainda decorre em três centros de acolhimento na zona de Nhamatanda, anunciou a diretora-geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), Luísa Meque.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE