PUBLICIDADE
Actualidade

Governo diz que racismo é intolerável e que responsáveis vão ser punidos

16 | 02 | 2020   21.22H

O secretário de Estado da Juventude e Desporto considerou hoje o incidente com o futebolista maliano do FC Porto Marega intolerável é inaceitável, assegurando que as autoridades estão a identificar os responsáveis, a fim de serem punidos.

"O que aconteceu esta noite no jogo entre Vitória Sport Clube e FC Porto é absolutamente intolerável é inaceitável. Os insultos dirigidos ao jogador Marega envergonham todos quantos pugnam por uma sociedade inclusiva. Os valores do desporto nada têm que ver com estas atitudes racistas, xenófobas e ignóbeis", começou por dizer João Paulo Rebelo, em declarações à agência Lusa.

O avançado pediu para ser substituído, ao minuto 71 do jogo da 21.ª jornada da I Liga, por alegados cânticos racistas dos adeptos da formação vimaranense, numa altura em que os 'dragões' venciam por 2-1, resultado com que terminaria o encontro.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • A sociedade só é inclusiva para um dos lados. Para o outro os cantores de rap são artistas, podem exprimir-se à vontade sobre os brancos, os polícias e tudo aquilo que quiserem, é a liberdade de expressão. A mesma liberdade de expressão que tem que ser garantida pelo Estado a estes artistas do Vitória. O secretário-de-estado tem que ser demitido, por não ser isento para ocupar este ligar. Tão simples quanto isso.
    Dono dos Burros | 16.02.2020 | 23.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE