PUBLICIDADE
Covid-19

'Clausura' afeta mais as mulheres e pode agravar conflitos familiares - investigadora

17 | 02 | 2020   04.18H

A antropóloga Loretta Lou defendeu em declarações à Lusa que a 'clausura' vivida em Macau por causo do surto do coronavírus Covid-19 parece estar a afetar mais as mulheres e pode agravar conflitos familiares.

"O que sabemos agora é que as mulheres parecem ser mais afetadas pela permanência do que os homens, pois são as únicas responsáveis pela culinária e pelo ensino em casa", sublinhou a investigadora da Universidade de Macau, especializada em meio ambiente, bem-estar, movimentos sociais, moralidade e ética.

Quanto a possíveis conflitos familiares, Lou sublinhou que "embora a permanência em casa possa significar mais tempo feliz e de qualidade para algumas famílias, os casais que lutam no seu relacionamento conjugal terão dificuldade em ficar num pequeno apartamento 24 horas por dia, sete dias por semana".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE