PUBLICIDADE
Actualidade

MSF alertam para deterioração da situação na província moçambicana de Cabo Delgado

17 | 02 | 2020   18.09H

Os Médicos Sem Fronteiras (MSF) alertaram para a deterioração da situação na província moçambicana de Cabo Delgado, onde coincidem a violência, fenómenos climáticos extremos e serviços públicos de saúde muito frágeis.

"Cabo Delgado é uma província extremamente pobre e negligenciada. A população de Cabo Delgado enfrenta violência, eventos climáticos extremos e serviços públicos fracos, incluindo o acesso muito limitado aos cuidados básicos de saúde", descreveu Bruno Cardoso, coordenador do projeto dos MSF em Cabo Delgado.

O responsável, que regressou recentemente do terreno, sublinhou as "enormes necessidades" existentes numa região "rica em recursos naturais" e com "um enorme potencial económico".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Estes chulos estão em todas. Deve ser a CIA e a DGSE que lhe paga as contas. Cheira-lhes a gás. A mim por acaso não, está a torneira fechada.
    Dono dos Burros | 17.02.2020 | 21.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE