PUBLICIDADE
Actualidade

Mulheres representam apenas 14% das notícias dos jornais desportivos

18 | 02 | 2020   10.37H

O desporto feminino representa apenas 14% das notícias dos jornais desportivos nacionais, com o futebol excluído da equação, concluiu um estudo, que salienta que a atenção dada às atletas manteve-se baixa apesar de a participação ter quintuplicado em 20 anos.

O estudo, desenvolvido na Universidade de Coimbra, cujos resultados foram publicados num artigo científico em janeiro, concluiu que apenas 14% das notícias dos três jornais desportivos nacionais (A Bola, O Jogo e Record) falam exclusivamente de desporto feminino, disse à agência Lusa o principal autor do artigo, Pedro Saraiva, salientando que a análise excluiu à partida a cobertura do futebol para não enviesar os resultados.

"Quando temos em consideração que a percentagem de mulheres a participar nos dez desportos incluídos para a análise era de cerca de 40% em 2016, conseguimos perceber como todos os jornais têm um défice de cobertura de desportos femininos", concluiu o artigo, que partiu das conclusões da tese de mestrado de Pedro Saraiva em Sociologia, na Universidade de Coimbra.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Podem limpar o rabo a esta notícia. Lembro que aos homens ainda não é permitido parir. Há uns que parem, mas é bosta, quando estão na política. Pagamos nós um ensino superior caríssimo, ao qual a maioria dos nossos filhos não tem acesso, para o dinheiro dos impostos andar a ser gasto em "teses" de caca como esta.
    Dono dos Burros | 18.02.2020 | 11.05Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE