PUBLICIDADE
Actualidade

Washington impõe restrições aos meios de comunicação estatais chineses

19 | 02 | 2020   04.59H

Os meios de comunicação social estatais chineses nos Estados Unidos vão precisar da aprovação do Departamento de Estado norte-americano e de identificar os funcionários regularmente, noticiou hoje a imprensa norte-americana.

Cinco meios de comunicação, incluindo a agência noticiosa oficial Xinhua e a televisão estatal CGTN, passam a estar dependentes da aprovação do Departamento de Estado dos EUA para adquirir propriedade nos Estados Unidos, e terão que fornecer regularmente listas com os nomes dos funcionários, incluindo dos norte-americanos.

A medida não implica, contudo, restrições ao trabalho dos jornalistas daqueles órgãos nos Estados Unidos, destacaram.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE