PUBLICIDADE
Actualidade

Atribuição de prémios na TAP com "100 ME de prejuízos" em 2019 é "inaceitável" - Governo

19 | 02 | 2020   14.24H

O Governo considerou hoje "inaceitável" que a TAP, empresa que "tem 100 milhões de euros de prejuízos" em 2019, atribua prémios a uma minoria de trabalhadores, ressalvando que a decisão não é da administração, mas da gestão privada.

"É uma falta de respeito para com a esmagadora maioria dos trabalhadores da TAP e para com os portugueses", avançou o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, em resposta ao deputado do PS Hugo Costa que questionou se é moralmente aceitável a atribuição de prémios na TAP, face aos prejuízos da empresa.

Numa audição parlamentar na Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação, o ministro disse que os prejuízos na TAP são "uma matéria que preocupa" o Governo, defendendo que o processo de reversão da privatização da companhia aérea de bandeira portuguesa foi "importante", mas o histórico da empresa "se deve contar pelos dedos de uma mão os anos em que não deu prejuízo".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • VERGONHA NACIONAL O GOVERNO É RESPONSÁVEL POR ISSO PRIMEIRO PAGUEM O QUE DEVEM NÃO É ESTAREM A FAZER CONTAS COM O DINHEIRO DOS CONTRIBUINTES SÓ NESTE PAÍS MISERÁVEL QUE PASSAM A ROUBAR OS CONTRIBUINTES
    Povo | 19.02.2020 | 15.26Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE