PUBLICIDADE
Actualidade

Escritora Regina Guimarães demite-se do Conselho Municipal de Cultura do Porto

20 | 02 | 2020   17.38H

A escritora Regina Guimarães demitiu-se do Conselho Municipal de Cultura da Câmara do Porto, decisão que comunicou por carta ao presidente da autarquia e que tem a ver com uma "dessemelhança de conceções", indicou hoje a própria à Lusa.

"A decisão tem a ver com os acontecimentos recentes, com a questão da censura, com o facto de que o próprio conselho parece não ter julgado prioritário reunir-se por uma coisa destas. Não estou lá a fazer nada porque o que a mim parece essencial, não parece essencial ao Conselho. Há aqui uma dessemelhança de conceções do mundo", referiu, em declarações à agência Lusa, Regina Guimarães.

No dia 03 de fevereiro, Regina Guimarães acusou a direção do Teatro Municipal do Porto (TMP) de ter censurado um texto da sua autoria no qual criticava a noção de cidade líquida de Paulo Cunha e Silva, ex-vereador que morreu em 2015.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE