PUBLICIDADE
Actualidade

Portugal deve apostar na participação na economia do mar na África do Sul -- líder comunitário

20 | 02 | 2020   20.41H

O dirigente associativo e técnico marítimo Rui Santos instou hoje Portugal a usar a presidência da União Europeia (UE), em 2021, para participar no desenvolvimento do setor pesqueiro e da economia do mar na África do Sul.

"Julgo que a África do Sul gostaria de ter Portugal como parceiro científico ao nível do mar. Portugal poderia começar primeiro pelo conhecimento científico para depois negociar futuros laços de comércio e de importação ou exportação de pesca", disse o técnico português, que é também presidente da tertúlia Academia do Bacalhau, na Cidade do Cabo.

Rui Santos, que falava à Lusa após um encontro entre o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e dirigentes associativos e homens de negócios na Cidade do Cabo, sublinhou que Portugal está muito avançado relativamente aos "amigos sul-africanos" e a melhor forma seria começar pelo ensino, "para educar sobre as mais-valias do mar, as suas riquezas e a conservação dos recursos marinhos".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Portugal tem que abandonar este bando com sede em Berlim. Esse tem que ser o primeiro passo, depois o segundo pode ser dado, mas esbarra sempre no mesmo, não temos dinheiro para mandar cantar o cego. E nos negócios com os africanos estamos sempre na posição dos entalados. Na hora de nos deitarem borda-fora, somos acusados de racistas. Os brasileiros que se cheguem à frente, é o mar deles.
    Dono dos Burros | 21.02.2020 | 01.02Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE