PUBLICIDADE
Actualidade

Cinema em Portugal é "livre e diversificado" mas "uma luta" para os jovens

24 | 02 | 2020   09.18H

O realizador e montador Paulo Carneiro, presente no programa de talentos do festival de cinema de Berlim, confessa que, apesar de Portugal dar margem aos novos profissionais para evoluir, dificulta o processo de financiamento.

"Dá espaço para crescer, mas é complicado. É complicado fazer-se cinema em Portugal, é muito complicado ter-se financiamento enquanto jovem (...) Também me causa alguma dificuldade sair do meu país, apesar de já o ter feito. Vou esperar, vamos ver como corre este ano, é uma luta", confessou à agência Lusa Paulo Carneiro, acrescentando que tem refletido sobre a possibilidade de sair do país.

Ainda assim, reconhece que o cinema português é "bastante diversificado e livre".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE