PUBLICIDADE
Actualidade

Morreu o escritor espanhol Juan Eduardo Zúñiga, tradutor de Antero de Quental

24 | 02 | 2020   18.13H

O escritor, crítico e tradutor espanhol Juan Eduardo Zúñiga, autor, entre outras obras, da "Trilogia da Guerra Civil", morreu hoje, em Madrid, aos 101 anos, informaram os seus editores, de acordo com a agência Efe.

Prémio Nacional das Letras de Espanha, em 2016, foi também distinguido nos anos de 1980, com o Prémio Nacional de Tradução, pela versão castelhana da poesia de Antero de Quental. Foi igualmente tradutor de obras dos escritores portugueses Urbano Tavares Rodrigues e Mário Dionísio.

Conhecido sobretudo pelos seus romances "Largo noviembre de Madrid" (1980), "Capital de la gloria" (1989) e "La tierra será un paraíso" (2004), que constituem a chamada "Trilogia da Guerra Civil" espanhola (1936-1939), Juan Eduardo Zúñiga distinguiu-se também pelos relatos curtos, em títulos como "Mistérios das noches e dos dias"

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE