PUBLICIDADE
Actualidade

Um quinto das florestas australianas arderam devido a seca extrema - estudo

24 | 02 | 2020   19.05H

Os incêndios recentes "sem precedentes" que destruíram um quinto das florestas australianas estão ligados a uma seca de vários anos, devido às alterações climáticas, segundo um estudo publicado hoje.

Os climatólogos estão, atualmente, a estudar os dados relativos aos fogos para determinar o grau de responsabilidade que a desregulação climática teve neste desastre.

Até lá, numa edição especial da revista 'Nature Climate Change', uns investigadores australianos revêm outros aspetos dos incêndios.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Procurem antes nas políticas 'verdes' dos fascistas-ambientalistas.
    Dono dos Burros | 24.02.2020 | 23.46Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE