PUBLICIDADE
Covid-19

Vizinhos da Itália decidem manter fronteiras abertas

25 | 02 | 2020   18.00H

Todos os países vizinhos da Itália "se comprometeram a manter as suas fronteiras abertas", apesar da multiplicação repentina de casos de infetados com coronavírus Covid-19 no país, anunciou hoje o ministro da Saúde de Itália, Roberto Speranza.

O encerramento das fronteiras "seria um erro e [uma medida] desproporcional", explicou no final de uma reunião ministerial em Roma entre a Itália, a França, a Suíça, a Áustria, a Croácia, a Alemanha e a União Europeia.

Os ministros também decidiram "avaliar caso a caso" o possível cancelamento de grandes eventos, referiram em comunicado conjunto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE