PUBLICIDADE
Actualidade

União Africana prepara reforço de 3.000 soldados para o Sahel

27 | 02 | 2020   13.35H

A União Africana (UA) anunciou hoje que se está a preparar para destacar uma força de 3.000 soldados para o Sahel, num esforço para tentar travar a propagação de grupos 'jihadistas' e da insegurança na região.

A decisão, hoje divulgada, foi tomada durante a 33.ª Cimeira da UA, que se realizou em Adis Abeba, capital etíope que acolhe a sede da organização continental, no início de fevereiro.

"Sobre a decisão da cimeira de trabalhar para o destacamento de 3.000 homens para ajudar os países do Sahel a enfraquecer os grupos terroristas, penso que é uma decisão que vamos trabalhar com o G5 Sahel [grupo constituído por Mali, Níger, Burkina Faso, Mauritânia e Chade] e com a CEDEAO [Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental]", afirmou o comissário da UA para a Paz e Segurança, Smail Chergui, numa conferência de imprensa em Adis Abeba.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE