PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-ministro de Bolsonaro morre no Rio de Janeiro aos 56 anos

14 | 03 | 2020   17.23H

O ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência de Jair Bolsonaro, Gustavo Bebianno, morreu hoje aos 56 anos, após sofrer um enfarte fulminante no Rio de Janeiro, informaram fontes oficiais.

O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), pelo qual Bebianno era pré-candidato às eleições municipais do Rio de Janeiro, a serem realizadas este ano, informou a morte através de suas redes sociais e afirmou que o Brasil perde "um grande homem. "

"Com grande pesar e tristeza, comunicamos o falecimento de Gustavo Bebianno, na madrugada deste sábado. O Brasil perde hoje um grande homem, que muito fez pelo país. Sempre será motivo de orgulho para o  PSDB/Rio de Janeiro ter a passagem de Gustavo Bebianno registada na sua história", escreveu o presidente do partido no Rio de Janeiro, Paulo Marinho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE