PUBLICIDADE
Covid-19

Pessoas infetadas devem evitar contacto direto com animais de companhia - Veterinários

16 | 03 | 2020   15.57H

A Ordem dos Médicos Veterinários recomendou hoje que as pessoas infetadas com Covid-19 peçam a alguém sem sintomas para cuidar dos animais de companhia ou usem máscara e luvas para o fazer se estiverem sós.

"Até hoje, não há qualquer evidência científica de que os animais de companhia possam transmitir o vírus ao seu detentor", disse à agência Lusa o bastonário dos veterinários, Jorge Cid, indicando que, por precaução, quando alguém estiver infetado deve pedir a outra pessoa para cuidar dos animais.

O novo coronavírus, sublinhou, não se transmite pelos animais: "Transmite-se de homem a homem".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Se não tivessem medo de serem linchados na praça pública pelos MARICAS, diriam: Animais de companhia? Não obrigado! Mas como ninguém gosta de matar a galinha dos ovos de oiro, nunca o dirão. Onde é que andam os defensores dos animais, dos coitadinhos dos morcegos que impedem que um túnel viários seja feito ou uma barragem? Onde andam os palermas úteis da Greta? Lá estão vocês sempre a perceberem mal! Talvez a câmara do merdina e do filho do bombista devesem desinfectar os passeios onde os maricas levam os cães a fazer cócó. Talvez eliminarem drasticamente esses vectores de transmissão de doenças com asas, que os velhos alimentam nos jardins. Talvez por os PSP e os GNR que os defendem, a apanhar com uma pá e vassoura a merda que eles fazem. Há muito mor onde actuar. Gente não falta. Mandem regressar os pescadores de invasores que têm ao serviço do Soros no Mediterrâneo, são mais uns.
    Dono dos Burros | 16.03.2020 | 16.36Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE