PUBLICIDADE
Covid-19

Empresa do Fundão com 300 trabalhadores suspende laboração por precaução

17 | 03 | 2020   17.39H

A J3LP, empresa de polimentos do Fundão, distrito de Castelo Branco, decidiu hoje suspender a laboração por um período mínimo de 15 dias, como medida de antecipação para a proteção de trabalhadores, familiares e fornecedores.

Em declarações à agência Lusa, o diretor-geral desta empresa, Paulo Nobre, garantiu que a J3LP não tem qualquer suspeita de infeção, mas que decidiu tomar esta medida "precisamente" para evitar que isso aconteça, para proteger os trabalhadores e para ajudar a evitar a propagação da pandemia.

"Quisemos agir antes que o problema nos batesse à porta. As nossas principais mais-valias são os nossos funcionários. É com eles que contamos, com eles e com a família, e não queremos que nada lhes aconteça e, como tal, antecipámos eventuais problemas", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE