PUBLICIDADE
Covid-19

Forças de Hafter aceitam "trégua humanitária" para conter coronavírus no país

21 | 03 | 2020   20.21H

As forças do marechal líbio Khalifa Hafter, líder do governo não reconhecido na cidade oriental de Tobrouk e homem forte do país, aceitaram hoje a "trégua humanitária" proposta pelas forças internacionais para travar a ameaça do novo coronavírus na Líbia.

Num comunicado enviado à comunicação social e citado pela agência Efe, o comando operacional do chamado Exército Nacional Líbio (LNA, em inglês) anunciou que "cumprirá o cessar-fogo enquanto o outro lado fizer o mesmo".

A decisão do LNA surge depois de o governo rival, apoiado pelas Nações Unidas, o Governo de Acordo Nacional líbio, ter aceitado este cessar-fogo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE