PUBLICIDADE
Covid-19

Pais devem ter faltas justificadas nas férias da Páscoa - Sindicato

23 | 03 | 2020   11.51H

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL) considerou hoje "inaceitável" a exclusão do período de férias escolares como motivo para justificar ausências ao trabalho e exige que o Governo corrija "esta flagrante injustiça".

Em comunicado, o STAL considera a exclusão "inaceitável, dado que os habituais equipamentos sociais de apoio (ATL, centros de estudo, etc.), com que os pais contam habitualmente para deixarem as crianças durante os períodos de férias escolares, se encontram igualmente encerrados por determinação do Governo".

O sindicato considera que se a medida não for corrigida, as famílias vão ficar "numa situação desesperada" no próximo período de interrupção letiva da Páscoa (30 março a 13 de abril).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE