PUBLICIDADE
Actualidade

Ex-presidente da Segurança Social moçambicana absolvido do crime de peculato

26 | 03 | 2020   12.24H

O Tribunal Judicial da Cidade de Maputo absolveu hoje o antigo presidente do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) de Moçambique Francisco Mazoio do crime de peculato, mas condenou a oito anos o antigo diretor-geral da entidade Baptista Machaieie.

No mesmo processo, o tribunal absolveu Ângelo Curado, antigo diretor-geral da Civil Aviation, empresa privada de aviação civil considerada pela acusação como tendo sido usada para a drenagem do dinheiro do crime.

Baptista Machaieie foi igualmente condenado ao pagamento de uma indemnização ao Estado no valor de 64 milhões de meticais (cerca de 1,2 milhões de euros) pelos danos causados.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE