PUBLICIDADE
Covid-19

PM italiano reclama resposta adequada da UE no prazo de 10 dias

26 | 03 | 2020   20.10H

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, reclamou hoje, durante o Conselho Europeu que decorre por videoconferência, que a União Europeia encontre uma resposta comum adequada à pandemia de covid-19 no prazo de 10 dias, avançaram fontes europeias.

O chefe de Governo do país europeu mais afetado pela pandemia - Itália contabiliza mais de 8 mil mortos - ter-se-á manifestado muito descontente com a «resposta» contida no esboço de declaração do Conselho Europeu hoje apresentada aos líderes dos 27, tendo mesmo recusado assiná-la, por não contemplar instrumentos financeiros verdadeiramente "adaptados a uma guerra", segundo adiantam vários órgãos de informação, citando fontes governamentais italianas.

De acordo com fontes diplomáticas, Conte defendeu na sua intervenção durante esta cimeira 'virtual' que é fundamental que a União Europeia dedique os próximos 10 dias, no máximo, a encontrar "uma solução adequada à grave emergência" com que os países europeus se confrontam, e a Itália em particular, tendo proposto a criação de um grupo de trabalho de alto nível para esse efeito, composto pelos presidentes da Comissão, Conselho, Parlamento Europeu, Banco Central Europeu e Eurogrupo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • A ITÁLIA até agora recebeu ajuda ao que parece primeiro da CHina ,dpois,da Russia e Cuba e finalmente da Aemanha mas insuficinte para a bomba biológica que tende a expandir-se pelos paises vizinhos,Austria,eslováquia,Suiça,Alemanha etc . .O atraso na ajuda demonstrou falta de solidariedade da EU e discernimento.A EU através da Itália está a ser atacada por virus que desconhece fronteiras.mais um tiro no PÉ da EU e nâo só.
    Emilia | 27.03.2020 | 10.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A bota deve casar com a perdigota. A Itália recebeu ajuda da Rússia, enquanto essa ajuda está a decorrer, devia por uma questão de vergonha na cara, retirar o navio que tem ao serviço da NATO na Mar Negro. Se tivesse vergonha na cara e 'pomodoros'. Sei, sabemos, que é uma pequena cadela dos americanos e que eles a ocupam militarmente, mas um pouco de coluna vertebral não lhes fazia mal nenhum,.
    Dono dos Burros | 26.03.2020 | 22.51Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE