PUBLICIDADE
Covid-19

Lar da Maia onde ocorreram duas mortes e estão 20 infetados vai ser evacuado

26 | 03 | 2020   20.21H

Os idosos que permanecem na O Amanhã da Criança, residência sénior da Maia onde ocorreram duas mortes devido à covid-19, vão ser retirados e levados para outros estabelecimentos do Grande Porto, indicou hoje à Lusa o presidente da instituição.

"O lar vai ser evacuado. Estamos agora mesmo a preparar o plano de evacuação. Os idosos irão para estabelecimentos do Grande Porto, alguns para hospitais e outros ainda estamos a ver", disse José Manuel Correia, presidente do O Amanhã da Criança, instituição que acolhe uma residência sénior localizada em Pedrouços, concelho da Maia.

Em causa está um lar que regista duas mortes, uma no domingo e outra na quarta-feira, devido à pandemia covid-19, e onde, de acordo com balanço feito cerca das 18:00, permaneciam 10 idosos e 10 funcionários infetados, três idosos tinham sido transportadas a hospitais do Porto, e 50 utentes e trabalhadores aguardavam a realização de testes de despistagem do novo coronavírus.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE