PUBLICIDADE
Covid-19

Associação diz que aquacultura está à beira da falência

26 | 03 | 2020   20.22H

A Associação Portuguesa de Aquacultores (APA) diz que o setor está "à beira da falência" devido à crise da covid-19 e pede apoio ao Governo para que seja possível assegurar o fornecimento de pescado fresco aos pontos de venda.

"A APA e os seus associados querem continuar a assegurar o fornecimento regular de pescado fresco e de qualidade a todos os pontos de venda, mas só conseguirá fazê-lo com o apoio efetivo e rápido do Governo e da União Europeia", afirma a associação em comunicado.

No documento, a associação sublinha que a aquacultura portuguesa está "à beira da falência" devido ao impacto que a pandemia da covid-19 tem num setor com cerca de "1.000 empresas e mais de 3.000 postos de trabalho".

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Se fosse só a aquacultura estávamos bem. O pior está para vir e para todos nós. Governados por gente fraca, que tal como Camões nos ensinou: "o fraco Rei, faz fraca a Forte Gente". Assim estamos nós. Cagados de medo, vão-nos matar com a cura. Não morremos do "vírus", vamos morrer da falta de dinheiro, da miséria, do desemprego, das penhoras bancárias, ... Li que o "mais alto magistrado" da Nação teria falado em guerra, que estamos em guerra. Permitam-me que lhe diga o seguinte: se é o "comandante-em-chefe" desta guerra, tem que ter um plano. Não pode ir para a guerra a esperar que beijos e abraços a ganhem. Isso é nas Televisões por onde pululam as gouchas deste país putrefacto. Não creio que o "democrata" Churchill pesasse o número de mortos quando desencadeava as operações, nem Stalin, nem Hitler, nem MacArthur. Ou morremos a lutar, ou morremos porque somos caçados como coelhos na toca. Como é que este país, que vive de esquemas, de ajudas, de esmolas, vai ser depois de dois a três meses de 'lock-out', agora, que depois há-de vir a 2ª vaga, como já se insinua em Wuhan. Temos pano para mangas, pelo menos por quase dois anos. Acham que aguentam? Qual ver ser o valor das coisas, que cada um pensa que tem? Qual vai ser o valor da moeda? Qual moeda? Não deram ouvidos aos que avisadamente pediram que se planeasse a saída do euro. A Itália quer respostas, as respostas que não teve. Depois dos bifes que nem sequer estavam na moeda, depois do desaparecimento de Bruxelas nestes dias, estão à espera de quê? Milagres? Então vão rezar a Fátima, mas de joelhos.
    Dono dos Burros | 26.03.2020 | 23.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE