PUBLICIDADE
Covid-19

'Stock' das empresas de Ovar vai sair sob "critérios elevados de sanidade"

27 | 03 | 2020   00.29H

O Município de Ovar, que desde o dia 17 se encontra em estado de calamidade devido à covid-19, anunciou quinta-feira que o 'stock' das empresas locais retido devido ao cerco sanitário será expedido sob elevado controlo de salubridade.

A informação do presidente da câmara de Ovar surgiu um dia depois de situar em 150 milhões de euros o valor das mercadorias que as firmas vareiras estavam impedidas de remeter para os seus clientes, uma vez que o controlo fronteiriço imposto ao território só permite a entrada e saída de bens de primeira necessidade.

"Tivemos oportunidade de reunir com as empresas e decidimos, em articulação com a Autoridade Local de Saúde, permitir que as nossas indústrias possam escoar os seus 'stocks'", declara Salvador Malheiro na sua mensagem vídeo à população.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE